Administração estratégica

Saiba como medir a qualidade do produto na empresa

/
3 0
qualidade do produto
Tempo de leitura: 3 min

Quantas vezes você já escutou reclamações de pessoas que compram coisas e dizem pagar mais do que mereciam ou, usufruem de um serviço que acabou ficando caro por não oferecer aquilo que foi prometido? Muitas, não é mesmo?

É fato que a qualidade do produto influencia diretamente na satisfação dos clientes. A expectativa criada em cima de qualquer item comprado é sempre alta, principalmente se a propaganda é muito vinculada e publicada em meios de comunicação diversificados.

Assim, manter um monitoramento constante dos produtos e serviços prestados é fundamental para que os consumidores possam usá-los com excelência e terem consciência de que estão no lugar certo.

Pensando na importância que isso tem para a empresa, mostraremos agora os principais critérios de avaliação que o comprador faz antes de adquirir um produto, para que possa oferecer sempre qualidade e lucrar muito com isso. Confira a seguir!

Confiabilidade

Todos conhecemos uma das premissas fundamentais para o negócio prosperar: a fidelidade do cliente. Por esse motivo, os feedbacks das pessoas são os maiores responsáveis pela melhora do produto — até porque não há vendedores sem compradores, concorda?

Ela se relaciona diretamente a um período especifico de tempo, no qual se espera que o produto não apresente defeitos, especialmente dentro da garantia oferecida pelo fabricante ou sua própria empresa.

Assim, sempre é bom ficar atento às reclamações de defeitos no momento da aquisição, para que seja possível tomar o conhecimento da causa. Há uma série de situações em que é alegada má qualidade e/ou péssima duração do produto, o que pode atrapalhar as vendas mesmo quando a culpa não for do seu negócio.

Conformidade

Saber previamente quantas falhas o produto já apresentou no processo de fabricação também pode ajudar no momento de oferecê-lo ao consumidor.

Dessa forma, o cumprimento correto das normas e especificações se torna mais fluido e simples de se avaliar e apurar.

Durabilidade

Como salientado acima, um dos fatores que mais contribuem para a confiança do cliente é, justamente, ele ter a certeza de que aquele item que comprou terá uma vida útil de acordo com o valor que pagou nele, inclusive no tocante às deteriorações físicas.

Não podemos, no entanto, pensar que, pela tecnologia ter avançado abruptamente nas últimas décadas, isso se refletirá na durabilidade e qualidade do produto. É um fato que os bens antigos eram muito mais resistentes ao tempo e uso, mas, por outro lado, não necessariamente tinham as mesmas funções e utilidades.

Estética

Para que não haja insatisfação com aquilo que comprou, usar os sentidos para avaliar a qualidade que o produto tem é uma excelente forma de criar uma empatia maior.

Em um smartphone, por exemplo, ver a qualidade e resistência da tela, testar a velocidade e câmera dele, analisar se o material usado externa e internamente é duradouro por si só, entre outros itens, diz muito sobre problemas futuros que o cliente pode desejar evitar.

Assistência oferecida

Um grande erro que os consumidores cometem ao adquirir algo é não verificar se o fornecedor proporciona um bom suporte pós-venda para o caso de precisar de reparos, inclusive fora da garantia.

A maneira como eles são tratados nesses serviços assistenciais, como a equipe manipula o item, os valores cobrados e embutidos no reparo, somente por serem autorizados e certificados pela marca, passando uma sensação de credibilidade, são fatores que precisam de uma atenção detalhada, porque vão refletir na imagem que passarão do produto que sua companhia vende.

Basicamente, seguindo esses princípios, as chances de acertar na melhora da qualidade do produto é muito elevada, mas sempre atento a eventuais reclamações e frustrações de clientes para corrigir os erros e deslizes — mesmo os mais simples.

O que achou deste artigo? Conhece mais alguma informação relevante que possa acrescentar e enriquecer o conteúdo para os leitores? Então não se esqueça de deixar seu comentário no post e ajudar mais pessoas!

Posts Relacionados
/

Quantas vezes você já escutou reclamações de pessoas que compram coisas e dizem pagar mais…

0 0
/

Quantas vezes você já escutou reclamações de pessoas que compram coisas e dizem pagar mais…

0 0
Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Scroll Up